Roteiro fotográfico-cultural: Petrópolis.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E o grupo TEREBUS realizou mais uma incursão no interior do Estado, em mais um “Roteiro Fotográfico-Cultural TEREBUS”.

Desta feita a escolhida foi a cidade real de Petrópolis, onde atua o PETROBUS (http://petrobus.fotopages.com/). No frio 30 de abril, o grupo partiu de Teresópolis por volta de 0830h, realizando parada estratégica em um dos pontos de sua área de atuação, Piabetá e Raiz da Serra, para flagrar os carros da nova empresa de Magé, a ILUMINADA (veja nesse site o flagra do 1º dia em que rodaram os carros da Iluminada, matéria exclusiva do TEREBUS e de nosso intrépido ”Duardinho”).

Após registrarmos diversos carros e a Iluminada, seguimos por por Raiz da Serra e conversarmos com rodoviários daquele setor. Após, rumamos 4 km acima pela velha e histórica Serra da Estrela, onde paramos no bairro de Meio da Serra, já em Petrópolis, onde conhecemos e conversamos com um rodoviário daquele município, já colocando em prática um dos motivos que nos levaram àquela cidade no dia de ontem, saber em que pé está a delicada questão da licitação do transporte coletivo de petropolitano na visão do rodoviário. S

Seguindo viagem pela bucólica estrada estadual (RJ 107), através do denso nevoeiro, o que, infelizmente, não permitiu que visualizássemos a bela vista daquele local em direção à baixada fluminense e Baía de Guanabara, chegamos ao Alto da Serra, onde conhecemos o ponto final dos carros que vem de Magé e adjacências,  mesmo local onde foi por um breve período de tempo, o Terminal de Integração do Alto da Serra.

Dali, partimos para a Rodoviária do centro da cidade, hoje terminal de integração, onde pudemos conhecer um pouco do sistema como funciona, além de fotografar diversos carros das empresas locais. Abrilhantando o momento, conhecemos o companheiro de atividade Sulimar Silva, busólogo e empregado do setor rodoviário de Petrópolis, passando a partir desse momento, a outra parte do nosso programa, o importante contato TEREBUS – PETROBUS.

Após diversos cliques na rodoviária e conversar com alguns rodoviários, pudemos perceber que a preocupação dos empregados do setor é com os direitos e a garantia dos mesmos, como FGTS etc.

Partimos dali em direção à Catedral metropolitana, via Av Ipiranga, onde paramos e admiramos a entrada do “Parque Municipal” e a “Casa dos Sete Erros”. Chegando na região da Catedral pudemos observar o constante movimento de ônibus turísticos e urbanos, bem assim aqueles que fazem fretamento para a cervejaria local. Como é característico do centro daquela cidade, passeamos pela bela Av Koeller, local de diversos prédio públicos importantes como a Prefeitura Municipal, o prédio da Justiça Federal, o palácio Rio Negro e diversos outros espécimes do incomparável conjunto arquitetônico. Neste local, encontramos outro ícone da busologia, o amigo Rafael Xarão.

O próximo ponto fotográfico, busólogo e cultural, foi na Praça Rui Barbosa e na Praça 14 Bis, onde fizemos cliques e filmagens interessantes, sendo ali, ainda, o ponto da fotografia oficial do dia.

Com a chuva chegando e o tempo esfriando fomos em direção ao desafiador túnel da BR-040. O desafio de enfrentar a chuva e o frio do local foi um desmotivador, mas a esperança por bons cliques e a oportunidade de trocarmos mais experiências nos fez ficar e curtir cada momento. Nos mantivemos no prédio da Polícia Rodoviária Federal e no ponto de ônibus do local, onde conseguimos boas imagens.

Dali partimos para o Bingen, onde paramos e fizemos um pitstop final no Terminal Rodoviário Leonel de Moura Brizola, inaugurado em 2005, observando o movimento de embarque e desembarque e o pátio externo.

Com a noite caindo e a chuva chegando forte, despedimo-nos dos petropolitanos e partimos rumo à casa.

Mais um roteiro, mais um laço estreitado, mais laços fortalecidos.

ISSO É TEREBUS.

Mas isso fica para a 2ª parte.

SIGA CONOSCO, VISITE E PARTICIPE. O TEREBUS É FEITO PARA VOCÊ BUSÓLOGO, RODOVIÁRIO, ESTUDIOSO E CURIOSO DO ASSUNTO TRANSPORTE.

WWW.TERE-BUS.COM

PARA QUEM NÃO DORME NO PONTO

3 Respostas para “Roteiro fotográfico-cultural: Petrópolis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s