TERESÓPOLIS: VEREADORES CONHECEM COMO EXECUTIVO PRETENDE CONDUZIR PROCESSO PARA LICITAÇÃO DE TRANSPORTE E ÁGUA

Prefeitura vai criar portal na internet para que sociedade civil possa conhecer e opinar sobre as propostas.  Expectativa é que isso aconteça ainda este ano.

Da AsCom – PMT

O prefeito Vinicius Claussen informou a vereadores de Teresópolis, em reunião na noite da última sexta-feira (14), como o executivo pretende conduzir o processo para a licitação do transporte público e também do serviço de água e esgoto no município.

A prefeitura pretende lançar Procedimentos de Manifestação de Interesse (PMI) ao mercado. Através deles, empresas interessadas poderão realizar estudos e apresentar projetos para atender às necessidades de Teresópolis, tanto em transporte quando em água e esgoto. Essas propostas, sem custo para o erário público, poderão ser usadas integralmente, ou em parte, nas licitações.

Assistiram à apresentação, os vereadores Tenente Jaime, Dr. Amorim, Alessandro Caet, João Miguel e Dudu do Resgate. O presidente da Câmara, vereador Pedro Gil, também esteve no encontro, mas devido a compromissos anteriormente assumidos, não pôde assistir à apresentação. Os secretários, de Governo, Henrique Carregal; Administração, Lucas Guimarães; Ciência e Tecnologia, Rolf Danziger; e o Procurador Geral, Gabriel Palatnic, também participaram do encontro.

PMI do Transporte

O primeiro serviço a ser licitado será o de transporte coletivo: ônibus, micro-ônibus e vans. Os vereadores ficaram sabendo que todas as ações da prefeitura para licitar o transporte público em Teresópolis estão respaldadas na legislação federal, estadual e municipal e que, antes do processo ser enviado à análise da Câmara, haverá consulta à população nos três Distritos do município, através de audiências públicas, e ao Tribunal de Contas do Estado.

A licitação do transporte público em Teresópolis foi determinada pelo Ministério Público. E, de acordo com o prefeito Vinicius Claussen, irá buscar modernização, tarifa menor, melhor qualidade e capacidade técnica, além de um valor de outorga realístico, tudo de forma transparente. A outorga é o valor que a empresa pagará para ter direito à concessão do serviço e faz parte de uma série de propostas a serem apresentadas para análise. Entre elas, valor da passagem. Um portal no site da prefeitura vai garantir que qualquer cidadão, empresa ou entidade possa acompanhar o processo passo-a-passo.

O Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) exigirá que as empresas interessadas em participar façam estudos detalhados sobre o transporte público em Teresópolis, levando em conta o que há de mais moderno em transporte de massa, incluindo necessidades de novas linhas, número de passageiros, tipos de veículos, novos bairros, qualidade dos pontos de ônibus, acessibilidade, impacto ambiental e tarifa.

Ficará determinado também que a mão de obra deverá ser local, assim como as compras a serem realizadas pela empresa vencedora. “É preciso que o vencedor do certame se comprometa com a economia da cidade, contratando mão-de-obra local e comprando nas empresas de Teresópolis”, enfatizou o secretário de Administração, Lucas Guimarães, acrescentando que espera que ainda este ano sejam apresentadas propostas por empresas e que se dê início às audiências públicas.

Segundo o vereador Tenente Jaime, presidente da Comissão de Transporte Público, as informações foram muito positivas. “A gente ficou satisfeito ao saber que a sociedade civil vai participar do processo, assim como o Poder Judiciário e o Tribunal de Contas. Vamos acompanhar o trâmite desse processo. Foi uma reunião muito proveitosa”, concluiu.

Para o vereador Dr. Amorim, também membro da comissão, reuniões assim ajudam os dois poderes a trabalhar pela população de Teresópolis. “A reunião foi muito esclarecedora. O que precisa é exatamente isso, mais comunicação entre os dois poderes para que se faça o melhor por Teresópolis. Achei muito interessante e proveitosa. Essa concessão tem que ser feita para melhorarmos a qualidade do transporte público e a mobilidade urbana”, disse o vereador.

De acordo com o vereador Dudu do Resgate é um caminho que só traz benefícios para a população. “Essa conversa foi muito boa e mostra como vamos caminhar até o final do processo”, lembrou, acrescentando que Teresópolis precisa muito licitar também o serviço de água e esgoto, para atender, especialmente, o interior.

O vereador João Miguel entendeu que a reunião foi proveitosa para o município. ”Agora vamos acompanhar e analisar. Saio daqui muito satisfeito”, informou. “Essa foi uma reunião muito importante pela transparência na relação entre o Executivo e o Legislativo. Não tem outra saída: é preciso modernizar o transporte público na cidade”, afirmou o vereador Alessandro Caet.

Para o prefeito Vinicius Claussen estes são os primeiros passos. “Precisamos fazer o processo licitatório do transporte público e também de água e esgoto. Estamos sendo acionados pelo Ministério Público, inclusive com prazos para cumprir. Estamos construindo isso juntos, de forma transparente, com diálogo, trazendo o Legislativo e a sociedade para discutir e entender os projetos. Esse caminho, essa transparência, vai trazer benefícios para a cidade com transporte público mais eficiente, com tarifa menor, mais inclusivo e com benefícios aos usuários”, disse o prefeito, lembrando que toda a informação sobre os processos estarão à disposição no site da prefeitura.

 

TEREBUS  -Para quem não dorme no ponto.

 

 

Apenas 8.5km separam Terê e Petrópolis

Certamente você conhece ou já ouviu falar das curvas e da serra da BR 495, que liga Itaipava, em Petrópolis, a Teresópolis, bem como da travessia que rasga as montanhas dentro do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, atingindo 2263m de altitude em seu ponto mais alto, na Pedra do Sino, em uma caminhada que leva até 3 dias e 2 noites.

Agora, você sabia que é possível alcançar uma das 2 cidades a partir da Posse, em Petrópolis e Andradas ou Santa Rita em Teresópolis, a partir da BR 116, num caminho bem cuidado e surpreendentemente rápido?

Pois bem, o TEREBUS e o Projeto Meu Estado Interior e InTEREior, esteve hoje realizando esta incrível viagem entre os 2 municípios.

Apesar de ser um caminho desconhecido da maioria dos munícipes dos 2 lados, é um caminho muito antigo, pois certamente remonta ao século 19, ligando as terras de March, após Freguesia de Santo Antônio do Paquequer, depois Therezopolis e Teresópolis, ao caminho do ouro, que passava por Córrego Seco, depois Petrópolis.

A prova disso são as histórias que podem ser contadas por antigos do local e, ainda, pela presença da pequena e charmosa igrejinha em homenagem a Santa Rita, remontando aos idos de 1830, sim, época que George March vivia em nossas terras, assim como o Tte. Joaquim Paulo, figuras muito importantes na história teresopolitana.

Cumpre salientar que a igreja é propriedade da Mitra Diocesana de Petrópolis, sob a curadoria da paróquia de São Charbel, em Providência, a Capela de Santa Rita, não sendo patrimônio tombado, infelizmente.

Por onde começar o trajeto:

Partindo de Teresópolis: BR 116, na altura do km 66, entrando para Cruzeiro, sendo necessário ter muita atenção para a conversão à esquerda, devido a alta velocidade dos carros naquele ponto da BR.

Entrando para Cruzeiro, siga em frente, passando pela localidade de Cruzeiro e indo rumo à Santa Rita. Logo a frente, à direita, verá a igreja a qual nos referimos. Se quiser, pode subir a pequena estradinha e curtir a bela e quase bicentenária construção.

Após, continue em frente até encontrar uma saída à esquerda, com placas para “Lucena, Sítio Vitoria, Fazenda da Brasa”… e à direita, uma interessante e criativa lixeira, feita sobre a caçamba de uma picape. Se seguir à esquerda, em menos de 2 km estará na localidade de Cornélio, que fica também em Santa Rita, o nome deste grande bairro, que abrange, ainda, localidades como Fazenda/Colônia Alpina, Holliday, Engano, Santana e Cachumba, para a qual seguiremos. Em Cornélio está a igreja evangélica mais antiga do município, a Casa de Oração local.

Até este ponto, onde está a referida lixeira, andamos 5,8km, sendo possivelmente o local conhecido como “Quebra-Pé”. Neste local, indo de ônibus, a partir de Teresópolis, linhas 33A e 55C, da Dedo de Deus, você poderá descer e marchar por alguns quilômetros até encontrar, já em Petrópolis, os carros da TURB em direção à Posse, nas linhas de Albertos e, mais abaixo, de Jurity.

Então, vamos continuar? Siga em frente, passando pela lixeira e em 2,5km, estará em uma bifurcação, em que à direita seguirá para Andradas, que fica a apenas 3km dali.

Não entrando para Andradas e seguindo em frente, rumo a Posse, seguir até o topo da montanha, que fica a apenas 1,8km. Exatamente quando parar de subir, chegando a 1.054m de altitude, e começar a descer, é a divisa entre os municípios de Teresópolis e Petrópolis, iniciando ali, os “Caminhos do Brejal”, região que engloba os bairros do Brejal, Jurity e Albertos.

Deste ponto até a curva que sobe para Albertos, em que terá como referência um ponto de ônibus à esquerda e uma grande curva em terreno asfaltado, significa que terá chegado ao ponto em que poderá pegar um ônibus para a Posse.

Até este ponto, andamos apenas 14km, sendo que a distância entre os 2 extremos dos ônibus urbanos é algo em torno de 8,5km apenas.

Dali até o local em que é possível pegar um ônibus da linha de Jurity são 2km e daí até a Posse, mais 6km.

Assim, ao total, marcados no odômetro, , percorremos 25,6km, entre a BR 116, na entrada para Cruzeiro, em Teresópolis e Posse, já em Petrópolis.

Na volta, ao chegar na bifurcação de Andradas, optamos seguir por esta localidade, eis que desconhecida dos participantes da aventura, sendo descortinada uma linda paisagem de Andradas e da Serra do Taquaril, a qual atravessamos, podendo, ainda, observar o cume que marca a tríplice divisa entre Teresópolis, Petrópolis e São José do Vale do Rio Preto.

Merece ser destacado o bom estado de conservação das estradas vicinais, em quase todo seu percurso.

Siga o nosso instagram:

@meuestadointerior
fluiz1971@gmail.com

link google maps da entrada para Cruzeiro, na BR 116:

https://www.google.com.br/maps/@-22.3030926,-42.9364607,3a,75y,34.76h,92.01t/data=!3m6!1e1!3m4!1sQdujriIcC3YtoJDY6xuX2Q!2e0!7i13312!8i6656

#caminhosdobrejal #teresopolis #petropolis #santarita #interior @renault #021 #rj
#tterebus
#meuestadointerior
#estradadechao

#tterebus

Terebus na LAT.BUS & Transpúblico 2018

Está sendo realizado entre os dias 31 de julho e 02 de agosto, o LAT.BUS & Transpúblico em São Paulo. O grande objetivo do encontro, e mostrar para empresários do setor de Transporte de Passageiros e ao público em geral, as novidades e tendências do mercado, além de apresentar novos produtos das diversas marcas de chassis e encarroçadoras presentes.

O Grupo Terebus se fez presente no evento ontem dia 01/08, sendo o grupo representado pelo amigo Walace Aguiar (Mussum).

Segue abaixo algumas das fotos realizadas por Walace no evento. E tem muito mais no nosso Flickr, e só clicar e ver todas as fotos realizadas lá!

TEREBUS 2018 Para quem não dorme no ponto!

Prefeitura do Rio de Janeiro publica resolução revogando a atual pintura padronizada da Cidade.

Foi publicado na manhã dessa segunda-feira, dia 23/07, no Diário Oficial da Cidade do Rio de Janeiro a Resolução da Secretária Municipal de Transportes N° 2.999, de 20/07/18, que revoga outra resolução, a N° 2.043 de 15/10/10, que estabelecia que as empresas de ônibus da Cidade do Rio de Janeiro, passassem a adotar Pinturas Padronizadas de acordo com cada Consórcio onde as mesmas atuariam.

Com isso, é possível que cada empresa volte a possuir a sua identidade visual estampada em seus veículos. A previsão para essas mudanças passem a ser definitivas e de até 90 dias.

Para ver a Resolução na íntegra acesse o portal do Diario Oficial da Cidade do Rio de Janeiro, e escolher a edição do dia 23/07/18 na página 77.

TEREBUS – Para quem não dorme no ponto!

EBT 10: INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA O BOM ANDAMENTO DO EVENTO.

Olá amigos.

Passaremos aqui, algumas orientações aos participantes, solicitando a compreensão e o apoio ao Grupo TEREBUS para que juntos possamos realizar o melhor encontro já havido.

1 – Venham munidos de documento de identificação, sem o qual poderá não ser permitida sua entrada na garagem da Dedo de Deus;

2 – Os ônibus que chegarem até as 09h no Soberbo seguirão o comboio liderado pela Transcotur, pela BR 116, Viaduto Jefferson Tricano, Rua Tenente Luiz Meirelles e pátio de estacionamento da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (mapa abaixo). Todos estão convidados a viajar conosco no carro da empresa Transcotur;

3 – Os ônibus que chegarem após as 09h no Soberbo deverão seguir por dentro da cidade, passando pelo bairro do Alto (onde fica a feirinha), pela Reta e seguirão até o estacionamento da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (mapa abaixo);

4 – No Soberbo, todos deverão estar atentos ao trânsito, por se tratar de uma Rodovia Federal, tanto a paradas em local proibido como, principalmente, à segurança de seus convidados, considerando o trânsito na estrada. Lembramos que você é o responsável por sua segurança e, consequentemente, dos demais e do próprio evento;

5 – O pátio de estacionamento da Secretaria de Obras e Serviços Públicos é um local da responsabilidade do Município de Teresópolis, que promove e apoia o evento. Assim, embora saibamos tratar-se de um local seguro, é da responsabilidade de cada um quanto à manutenção da ordem e a limpeza no local. No local, ficaremos entre 09h e 13h30min, quando sairemos para a garagem da Viação Dedo de Deus. O horário para que todos estejam no local é 13h10min, para a foto oficial e para que sigamos no horário;

6 – Se você vem de carro particular, temos um limite de 4 vagas para estacionamento no local acima, devendo ser contatado o Adm. Anderson Rocha até a 6ª feira. Na Dedo de Deus entrarão apenas ônibus;

7 – Na rodoviária, que fica próximo ao pátio de estacionamento, não se posicionem no pátio ou tirem fotos entre a região onde fica a traseira dos ônibus que ficam estacionados e a pista de acesso às plataformas, pois nessas áreas o risco de acidentes e grande devido ao intenso fluxo de ônibus, sob pena de solicitarmos a retirada. No local, indicaremos local seguro para que todos possam fazer boas fotos;

8 – Rumando à garagem da Dedo de Deus, as caravanas e os carros particulares serão guiadas por ônibus da referida empresa, no qual todos podem viajar, até a lotação máxima;

9 – Na garagem da Dedo de Deus, deverão ser observadas as seguintes regras, tendo sido as mesmas solicitadas pela direção da empresa e construídas em parceria com a organização do evento:

– Não é permitida a entrada nos ônibus, salvo aquele que será cedido ao evento;

– No ônibus que será cedido ao evento, não será permitido mexer na configuração do letreiro, bem como sentar no “cockpit” do motorista, salvo crianças acompanhadas de seus responsáveis legais para fotos, no segundo caso;

– Não é permitido o uso de bebidas alcóolicas ou cigarros nas dependências da empresa ou no ônibus da Transcotur ou da Dedo de Deus;

– Não é permitida a entrada na estufa ou na parte da oficina, bem como fotografar os referidos espaços;

– Será permitida o estacionamento dos ônibus nas dependências de Dedo de Deus.

10 – Oficialmente o evento se encerrará ao final da visita à garagem da Dedo de Deus, sendo que Grupo Terebus retornará à rodoviária no ônibus cedido pela empresa parceira.

Lembramos que o 10º EBT, é evento oficial do calendário de Teresópolis, com o apoio e promoção da Prefeitura Municipal de Teresópolis, através das secretarias de Turismo, Obras e Serviços Públicos e Segurança Pública/Guarda Municipal, que nos dará o apoio necessário à realização do encontro.

Pedimos que sejam os passageiros das caravanas alertados que qualquer problema relativo ao descumprimento de nossas orientações, poderá ensejar que peçamos para que seja a pessoa causadora, retirada do local do evento, inclusive com força policial, se preciso, contando o evento com o apoio do 30º B.P.M.

Dúvidas deverão ser direcionadas a qualquer um dos membros do TEREBUS no dia do evento.

Atenciosamente,

Grupo TEREBUS / Para quem não dorme no ponto.